“O vinho é como a vida para os homens, se bebido com moderação. Que vida pode existir para aqueles que não têm vinho? O vinho foi criado para a alegria dos homens.”Eclesiástico 31,27

OS VINHOS

Toda a produção é obtida através de matérias primas provenientes a fim de controlar a qualidade.

Acreditamos que um bom vinho é feito na vinha e não na adega, onde na melhor das hipóteses, o produto não piora, enquanto que o objetivo é manter o nível de qualidade obtido na região.

Apesar de ser muito fiel às tradições da cultura local, não hesitamos em inserir novas variedades de vinhas, mais adapitadas às características climáticas da vinícola.

Uma atenção particular e especial é dada também a cada funcionário que trabalha na empresa, o que contribui de forma decisiva para que seus vinhos alcancem os objetivos almejados.

 

Syrah Cortona D.O.C.

Depois do esmagamento das uvas, o mosto repousa em tanque de aço inoxidável onde a fermentação alcoólica dura cerca de três semanas.
Deixa-se emergir o bagaço, que macera por três a quatro dias no vinho. Já a fermentação malolática ocorre em barris de carvalho, que, a fim de evitar influências olfativas ou gustativas, nunca são de primeira passagem. O vinho é envelhecido durante de 18 meses nos toneis . Permanece três meses em garrafa antes ser comercializado.

"AMATO" Cortona Syrah D.O.C.

Nome: Amato
Denominazione: Cortona Syrah D.O.C.
Tipo del Vino: Fermo
Zona di Produzione: Montanare
Areale Produttivo: Cortona (Ar)
Terreno e Giacitura: Arenarie, Marne e Scisti, con presenza di depositi fluvio-lacustri Declivio collinare da 320 m.s.l.m. a 280 m.s.l.m.
Uvaggio: 100% Syrah
Resa uva per ettaro: 60 quintali
Tecniche di Allevamento: Cordone speronato, carico a ceppo 8 gemme
Tecnica di Vinificazione: Tradizionale e macerazione delle vinacce
Resa di trasformazione: 65%
Maturazione: 12 mesi in barriques
Invecchiamento: Cisterne in Inox e minimo 4 mesi in bottiglia
Imbottigliamento: Con sottopressione di azoto
Valori Enochimici: Alcool 13,5% estratto secco netto 27,7 g./lt
Anidride Solforosa libera: 61 mg./lt
Colore: Limpido Rosso Rubino intenso
Al naso - Bouquet Speziato cannella, prugna matura
Al Palato: Caldo, rotondo intenso e persistente
Abbinamenti: Carni rosse
amato.png
 

 

Vin Santo

O procedimento de trabalho é tradicional. É feita uma seleção das uvas de cachos mais maduros e são expostos ao sol de forma mais adequada. A colheita, da variedade Trebbiano Toscano, é realizada à mão pelo pessoal mais experiente que, além de reconhecer os cachos mais adequados, os colocam em caixas com o devido cuidado, de maneira que não fiquem uns sobre os outros, para não danificar os bagos.

Ao chegar ao local em que serão manipulados, os cachos são pendurados, um por um, em fios. Adota-se essa técnica porque manter as uvas suspensas, além de reproduzir sua posição natural na videira, permite melhor conservação, já que não há pontos de contato que impeçam o arejamento e a secagem ideal dos frutos. Nesse período, uma vez por semana, faz-se uma limpeza manual para retirar os bagos ruins.

O processamento das uvas é realizado entre janeiro e fevereiro, sempre dependendo do clima. Em uma estação mais úmida, o período de secagem tende a prolongar-se. Se a época é seca, a tendência é antecipá-la.

Toma-se cada cacho, elimina-se o galho que o sustenta, verifica-se a saúde de cada bago, retirando os que eventualmente estiverem ruins.Depois que se separam os bagos dos galhos, espremem-se as uvas, e o mosto é despejado nos barris. Neles, o período de envelhecimento mínimo do vinho santo é de 5 anos, mas pode chegar a 15 anos, o que assegura excelentes resultados.

"VIN SANTO" Cortona D.O.C.

Nome: Vin Santo Cortona D.O.C.
Denominazione: Cortona Vin Santo D.O.C.
Tipo del Vino: Passito
Zona di Produzione: Montanare
Areale Produttivo: Cortona (Ar)
Terreno e Giacitura: Arenarie, Marne e Scisti, con presenza di depositi fluvio-lacustri Declivio collinare da 320 m.s.l.m. a 280 m.s.l.m.
Uvaggio: 100% Trebbiano Toscano.
Resa uva per ettaro: Solo uve selezionate
Tecniche di Allevamento: Cordone speronato, carico a ceppo 8-10 gemme
Tecnica di Vinificazione: Appassimento per almeno 3 mesi diraspatura pressa e messa del mosto nei caratelli per fermentazione natrale
Resa di trasformazione: 18%
Conservazione: Caratelli
Invecchiamento: 6 anni
Imbottigliamento: Per depressione
Valori Enochimici: Alcool 15,0% Zucchero residuo 141,8 g/lt
Anidride Solforosa libera: 44 mg./lt
Colore: Limpido ambrato intenso
Al naso - Bouquet Caldo, rotondo intenso e molto persistente sentori di miele e frutta secca amaretto
Al Palato: Dolce, si confermano le percezioni olfattive molto persistenti sentore miele frutta secca, agrumi
Abbinamenti: Torte con frutta secca
 
vinsanto.png
 

 

Rosato Toscana IGT

"VINCILUNA" Toscana Indicazione Geografica Tipica

Nome: Vinciluna
Denominazione: Toscana Indicazione Geografica Tipica
Tipo del Vino: Rosato fermo
Zona di Produzione: Montanare
Areale Produttivo: Cortona (Ar)
Terreno e Giacitura: Arenarie, Marne e Scisti, con presenza di depositi fluvio-lacustri Declivio collinare da 320 m.s.l.m. a 280 m.s.l.m.
Tecnica di Vinificazione: Fermentazione in bianco
Resa di trasformazione: 60%
Maturazione: 3 mesi cisterna inox, minimo 2 mesi in bottiglia
Imbottigliamento: Con sottopressione di azoto
Colore: Limpido, rosa antico
Al naso - Bouquet Sentori speziati, fragola, lampone
Al Palato: Caldo, rotondo e persistente
vinciluna.png
 
 

Giannoni Fabbri, San Marco in Villa, 2 52044 Cortona (Ar) Italia - Tel + 39 347 5883939 P.Iva 01248080515 info@giannonifabbri.it Privacy